Em

Adriano Pardal comemora os 100% de aproveitamento


De volta ao América após duas temporadas, o atacante Adriano Pardal reestreou com a camisa alvirrubra no último domingo (14), na vitória por 4 a 0 sobre o Força e Luz, e na tarde deste sábado (20), contra o Baraúnas, em Mossoró, iniciou como titular substituindo Tadeu e ficou em campo os 95 minutos de jogo que teve, no total, cinco minutos de acréscimos além dos 90 regulamentares.

Pardal mostrou o futebol de força e velocidade que lhe são peculiares durante a partida, se animou com a atuação e comemorou o resultado de 1 a 0 para América, que mantém o Orgulho do RN com 100% de aproveitamento no primeiro turno do Campeonato Estadual.

Pardal saiu jogando na vitória por 1 a 0 contra o Baraúnas (Foto Canindé Pereira)
Pardal saiu jogando na vitória por 1 a 0 contra o Baraúnas (Foto Canindé Pereira)/AméricaFC

“Me senti muito bem hoje (20) e tenho certeza que consegui desempenhar o papel que o professor (Leandro Campos) pediu. Nosso time foi aguerrido e lutou durante todo o jogo em busca da vitória. Todos estão de parabéns e o foco, agora, está no próximo adversário”, disse.

A dobradinha Cascata-Pardal deu certo na tarde de hoje (20). Aos 28 minutos da segunda etapa, após passe “açucarado” o camisa 10 do Mecão, Adriano Pardal entrou no meio da defesa, invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro do Baraúnas, concretizando o pênalti cobrado por Cascata que deu a vitória ao América.

“Jogar com Cascata e Tardelli (Juninho) é muito fácil. São dois jogadores de alta qualidade. O ‘Casca’ têm uma visão de jogo muito boa e me viu entrando no meio da defesa. Tentei driblar o goleiro mas não deu certo, acabei derrubado (risos). O mais importante é que a bola entrou e saímos com o resultado positivo. Em uma competição de pontos corridos toda conquista é importante e qualquer tropeço pode fazer falta mais na frente”, analisou o atacante rubro.

O grupo americano retorna para Natal ainda neste sábado (20) e se reapresenta na segunda-feira (22), às 15h, no CT Dr. Abílio Medeiros, em Parnamirim.

Fonte: América FC