Em

Luta olímpica do RN é prata e bronze nos Jogos Escolares da Juventude


As primeiras conquistas do Rio Grande do Norte nos Jogos Escolares da Juventude de Brasília 2017 – etapa 15 a 17 anos – vieram neste sábado (18) com os atletas da luta olímpica. Na categoria peso leve, Gabriel Oliveira, da Escola Estadual Walter Duarte, de Natal, foi medalha prata, enquanto João Paulo, do Contemporâneo, conquistou o bronze no peso leve. 

Gabriel foi medalha de prata na luta olímpica (Foto/Divulgação)
Gabriel foi medalha de prata na luta olímpica (Foto/Divulgação)

 

 De acordo com o chefe da delegação e do gabinete da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL-RN), Cezar Nunes, a delegação do Rio Grande do Norte vai lutar por mais medalhas no último dia de competições das modalidades individuais, neste domingo (19), na capital do Brasil. “Ainda vamos disputar várias finais em outras modalidades e mais atletas devem subir no pódio e honrar a nossa bandeira”, revelou.

O domingo começa com Isabel Azevedo, da Facex, disputando a medalha de ouro no badminton. Pelo atletismo, João Victor, do Colégio Atheneu, vai disputar a final da prova do salto em altura. No xadrez, Anyara Gomes, também vai brigar por medalha, assim como Yasmim Veríssimo, que estará nas provas finais da ginástica rítmica.

As duplas do vôlei de praia, Felipe e Breno, do Sagrada Família, e Mayara e Milena, da Facex, se classificaram às semifinais e disputam vaga para a grande final na manhã de hoje. Nas provas por equipe, judô, luta olímpica e ginástica rítmica também disputam medalha, enquanto Wesley Maciel vai lutar pelo bronze no badminton. 

João Paulo foi medalha de bronze na luta (Foto/Divulgação)
João Paulo foi medalha de bronze na luta (Foto/Divulgação)

 

A natação conquistou um honroso quarto lugar com Antônio Matias, na prova dos 50m livre, entre 47 atletas participantes de todo o Brasil. As competições coletivas iniciam na segunda-feira (20) e encerram dia 26. Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e Governo do Distrito Federal.