Em

Prefeitura discute medidas para expandir pistas para ciclistas em Natal

A audiência resultou na decisão da Prefeitura de regulamentar a Lei CicloNatal.


2
A audiência resultou na decisão da Prefeitura de regulamentar a Lei CicloNatal (SEL/Divulgação)

A Prefeitura do Natal continua buscando soluções para ampliar os espaços para as pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte. Na manhã da última sexta-feira (24), o prefeito Carlos Eduardo reuniu-se com auxiliares e com representantes de movimentos de ciclistas para discutir propostas que possibilitem a expansão desses espaços. A audiência resultou na decisão da Prefeitura de regulamentar a Lei CicloNatal.

Aprovada pela Câmara Municipal, a Lei CicloNatal (n° 349/2011) estabelece diretrizes para que a prática ciclística seja incorporada à política municipal de mobilidade. Presente à reunião, a secretária municipal de Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, informou que a regulamentação da lei começará a ser implantada no mês de junho. Também ficou acertado na reunião que a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) designará técnicos para ir em breve a São Paulo conhecer o modelo cicloviário adotado naquela cidade. A capital paulista se tornou referência no país com o plano cicloviário que implantou.

O prefeito Carlos Eduardo lembrou que sua gestão vem registrando avanços com a implantação de faixas para ciclistas em corredores importantes da cidade. Em mais de três anos, a Prefeitura sinalizou mais de cinco quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. Hoje possuem áreas próprias para uso de bicicletas avenidas como Prudente de Morais, Omar O´Grady, Ayrton Senna, Rafael Fernandes (também conhecida como Avenida do Contorno) e o Viaduto do Baldo. Além disso, a cidade ganhou a ciclovia entre as praias do Meio e do Forte, junto com a recente reurbanização feita naquele trecho da orla.

“A Prefeitura está atenta ao contexto atual que exige uma maior participação das bicicletas na mobilidade urbana das grandes cidades e vem fazendo sua parte, tanto no presente quanto para o futuro. Precisamos preparar Natal para as futuras gerações, que vão utilizar a bicicleta não apenas para o seu lazer, mas também para ir à escola, ao trabalho e a outros compromissos”, destacou Carlos Eduardo. “Estamos convencidos de que, mais que uma necessidade, o uso da bicicleta como meio de transporte tornou-se uma questão cultural”.

Ainda de acordo com o prefeito, os investimentos em ciclovias continuarão a merecer atenção da administração, pois ajudam na diminuição do tráfego de veículos, contribuem para o meio-ambiente e, ainda, para a saúde da população. Participaram da reunião desta sexta no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, além do prefeito Carlos Eduardo e da secretária Elequicina Santos, os secretários municipais Jonny Costa (Governo), Carlos Eduardo Nascimento (Esporte e Lazer) e Walter Pedro (adjunto de Trânsito na STTU), e representantes da Associação de Ciclistas do RN (Acirn), dos movimentos Pedal Pura Vida, Pedal Bike Terra, Máxima 25, Ciclistas de Natal e Misturada Bike.

Da Sel