Em

São Paulo e Santa Catarina conquistam Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal em Natal


O Colégio Amorim Tatuapé (SP) e a Escola de Educação Básica Professora Lourdes Angela Sarturi Lago (SC) conquistaram nesta segunda-feira o título do Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal – para atletas de 15 a 17 anos -, disputado em Natal. O feito garante as duas equipes como representantes do Brasil no Mundial de Tel Aviv, em Israel, em março do próximo ano. A quinta edição da competição foi a maior realizada pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar, reunindo 26 equipes no masculino e 17 no feminino.

O Colégio Amorim Tatuapé (SP) conquistou o título e a vaga para o mundial de Tel Aviv, em Israel (Foto/Diego Simonetti/FNDE)
O Colégio Amorim Tatuapé (SP) conquistou o título e a vaga para o mundial de Tel Aviv, em Israel (Foto/Diego Simonetti/FNDE)

“Foi uma competição de altíssimo nível técnico. O semblante dos participantes comprova o sucesso do evento. Agradeço a toda diretoria da FNDE e CBDE, a todos os colaboradores e parceiros. Colocamos Natal em destaque no cenário do desporto escolar nacional e nos credenciamos a receber outros grandes eventos”, comemora Gileno Souto, presidente da Federação Norte-rio-grandense do Desporto Escolar.

As finais foram realizadas no ginásio do Complexo Educacional Henrique Castriciano. As meninas da Escola Lourdes Lago, de Chapecó, levaram a melhor diante do Colégio Santa Madre (PA). A vitória por 1 a 0 foi difícil e emocionou a autora do gol, Rafaela Schneider. “Eu tenho muito orgulho desse time. Eu amo muito essas meninas. Amo esse time. Treinamos muito desde o início do ano e não tem explicação. Estou muito emocionada com esse título”, disse, sem conter as lágrimas.

Na comemoração, também teve espaço para homenagem à Chapecoense – as camisas verdes traziam o escudo do clube – e às vítimas da tragédia na Colômbia, que completou um ano na última semana. Uma das atletas vestiu uma camisa com uma foto do goleiro Danilo e, no momento do recebimento das medalhas, as jogadoras entoaram o grito de “Vamos, Chape”. O terceiro lugar do feminino ficou com a Escola Estadual Maria Leite Marcoski (MT), que bateu o Colégio QI (PB) por 4 a 3.

Presidente da FNDE, Gileno Souto, entregou o troféu de campeão feminino para a Escola de Educação Básica Professora Lourdes Angela Sarturi Lago (SC) (Foto/Diego Simonetti/FNDE)
Presidente da FNDE, Gileno Souto, entregou o troféu de campeão feminino para a Escola Professora Lourdes Angela Sarturi Lago (SC) (Foto/Diego Simonetti/FNDE)

Na decisão do masculino, valeu a experiência dos garotos do Colégio Amorim, agora tricampeões brasileiros. O favoritismo foi confirmado diante da Escola Estadual Luiz Ribeiro de Lima (RR) com um placar expressivo: 7 a 1, com destaque para o artilheiro Guilherme Henrique. A meta agora é o terceiro título mundial. “Estamos longe de casa há 15 dias. Tivemos os Jogos Escolares da Juventude, em Brasília, e agora o Brasileiro. Só tenho a agradecer ao colégio pelo investimento, à minha família e a este grupo maravilhoso que nos proporcionou isso. Vamos em busca do tri no Mundial. Sabemos que é muito difícil. A qualidade fora do país é muito forte, mas o nosso grupo corresponde bem. Treinamos muito duro para chegarmos até aqui e coroamos 2017 com o título brasileiro”, conta o técnico Vinicius de Morais.

O Colégio e Curso Gênesis (RN) assegurou a medalha de bronze com uma vitória por 2 a 1, nos pênaltis, sobre o Colégio Dinorah Teixeira Júlia Fialho (CE). No tempo normal, houve empate por 1 a 1. O herói da conquista foi o goleiro Allyson Renner, que defendeu duas cobranças dos cearenses.