Em

Alunos de Educação Física aprendem sobre esporte adaptado


Às vésperas do início dos Jogos Paralímpicos 2016, alunos do curso de Educação Física da Faculdade Maurício de Nassau, em Natal, estão vivenciando um pouco das dificuldades de quem é portador de deficiência. Através da disciplina Dimensões Teórico-metodológicas do Esporte Adaptado, cerca de 100 estudantes do 6º período conhecerão um pouco do futebol adaptado para cegos na próxima quarta-feira (31), no período da manhã. A atividade será realizada no Ginásio da Faculdade Maurício de Nassau.
Na semana passada, os discentes já iniciaram as experiências de limitações sensoriais que devem ser estendidas durante todo o semestre, vivenciando diversos tipos de deficiência. Eles caminharam pelas instalações do bloco A, no bairro de Capim Macio, com os olhos vendados. A meta era fazer trajetos comuns como sair da sala de aula no 1º e 2º andar e irem até a cantina na área de convivência. A única ajuda oferecida era o direcionamento de um colega que indicava o caminho sem tocá-los e o uso do piso tátil instalado na instituição. Para dificultar a atividade, eles tiveram que utilizar as escadas ao invés do elevador.
“Quando falamos de projetos de inclusão, os alunos não conseguem compreender o quanto é difícil o dia a dia de um portador de deficiência. Então, vivenciando situações rotineiras eles percebem melhor isso”, explica o professor Matheus Jancy Dantas, responsável pela disciplina. Na próxima semana, os estudantes tentarão jogar o futebol adaptado com olhos vendados, nos mesmos moldes dos atletas paralímpicos e vão relatar suas experiências. “Ao andar pela Faculdade, eles acharam que seria fácil por já conhecerem o caminho, mas perceberam que não era tão simples assim”.
Fonte: Assessoria de Imprensa