Em

Recuperação do Palácio dos Esportes perto da conclusão


Natal começa a resgatar 52 anos da história esportiva da capital. As portas do Palácio dos Esportes Djalma Maranhão, inaugurado em 1963, foram reabertas na última quinta-feira (4) para receber desportistas natalenses e representantes de agremiações esportivas da cidade. Todos foram conferir como vai ficar o novo Palácio, em fase final de reestruturação. A praça esportiva, que abrigou partidas inesquecíveis, voltou a emocionar esses ex-atletas, felizes com a recuperação de toda sua estrutura, praticamente finalizada.

O Palácio dos Esportes vai reabrir nos próximos dias com piso novo, cadeiras instaladas em toda a arquibancada (capacidade para 2.000 torcedores), rampas de acesso, troca total dos sistemas elétricos, hidráulicos e sanitários, além de novos vestiários, salas e um auditório. “Passou a ser uma coisa muito mais moderna. Volta a ser a casa do esporte amador de Natal, primeiro porque é muito central, segundo porque todas as federações podem passar a fazer suas competições aqui, não apenas o basquete e o voleibol, mas também o futsal, judô, caratê e todas as artes marciais estão querendo voltar para o Palácio”, revela o secretário municipal de Esporte e Lazer, Carlos Eduardo Nascimento, “Dadau”.

De acordo com a SEL, a partir da segunda quinzena deste mês o Palácio dos Esportes vai sediar torneios de voleibol, basquete e futsal, promovidos pela própria Secretaria e por federações esportivas. Na última quinta-feira (4), desportistas de várias modalidades visitaram o Palácio dos Esportes e gostaram da nova roupagem do tradicional equipamento esportivo. O prefeito Carlos Eduardo também passou pelo ginásio para vistoriar o andamento da obra. Foi a oportunidade para grandes histórias do Palácio serem revividas.Desde a tabela quebrada durante uma apresentação dos Globtrotters até jogos memoráveis de futsal como o desafio entre América e Palmeiras, passando ainda por jogos fraldinhas que, segundo o desportista Jamílson Martins, teria sido o maior público já recebido no local.

“Para nós, que tivemos a oportunidade de disputar jogos aqui, isso foi a coisa mais sensacional que aconteceu em termos de esporte, esse resgate. O Palácio dos Esportes é o esporte de Natal. Estou muito satisfeito e é o maior prazer, porque, em 2018, Natal vai sediar o Pan-americano de Basquete Master e vai ser possível já jogar aqui”, revelou Carlos Galvão, presidente da Federação Brasileira de Basquetebol Master.

“O Palácio dos Esportes voltou a ser a melhor quadra para disputar eventos regionais e nacionais em Natal. Pela sua localização, estratégica, pela qualidade do seu piso, pelo número de assentos e proximidade do público com a competição”, opinou Igor Ribeiro Dantas, presidente da Federação Norte-rio-grandense de Voleibol.

“É muito importante para o desporto do Rio Grande do Norte, a recuperação do Palácio dos Esportes. É um ginásio que congregou vários atletas, de várias gerações, em todos os esportes e, com essa reforma, revitaliza o nosso esporte. A cidade agradece”, avaliou o presidente da AABB Natal, Haroldo Ribeiro Dantas.

Da SEL