Em

UFRN é campeã de Futebol 7 na Liga do Desporto Universitário

Equipe foi saudada na reitoria da UFRN


4
Equipe foi saudada na reitoria da UFRN (Cícero Oliveira/Divulgação)

“Equipes como essas honram a Universidade Federal do Rio Grande do Norte”. Assim a equipe masculina da UFRN, campeã do Futebol 7 da Liga do Desporto Universitário (LDU), e a equipe feminina, classificada em 3º lugar, foram saudadas na tarde desta quarta-feira, 15, na sala de reuniões da Reitoria, pelo reitor em exercício, José Daniel Diniz Melo, e demais dirigentes da instituição.

Após parabenizá-los pelo sucesso, Daniel Diniz observou os passos dados a cada ano pela UFRN no esporte, sobretudo nas competições nacionais. O reitor em exercício reiterou o apoio institucional à área e disse que aposta no fortalecimento e na revelação de novos talentos no esporte, “atividade fundamental, para nós, gestores da universidade, na formação da cidadania”.

Durante a recepção às equipes treinadas pelo professor Luís Carlos França, em modalidades concorridas e disputadas nacionalmente, o diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Ênio Ferreira de Miranda, atribuiu a vitória dos campeões à política de esporte estabelecida pela UFRN, modelo atual para muitas instituições universitárias. “Avançamos muito no esporte e a diferença está na política e no apoio da reitoria”, concluiu.

O diretor da Divisão de Atividade Desportiva (DAD), professor Carlos Homem de Siqueira Neto, considera que, apesar da prioridade de cada atleta ser o estudo, todos se dedicam a levar o nome da UFRN para o pódio. “Atualmente, a UFRN é exemplo e padrão nacional em termos de política de esporte”, completou.

Filipe Iglesias, aluno de Engenharia de Produção, sabe administrar a vida de estudante e de atleta sem atropelos. “Treino a partir das 10h da noite. Por isso dá para conciliar com as aulas”.

Capitã do time feminino, Maria Clara Meneses Salviano, do curso de Ecologia, expôs que “o trabalho é difícil, mas o incentivo e o apoio são fundamentais para todos defenderem o nome da UFRN com mais afinco”. E o representante da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis da UFRN, professor José Pereira, arrematou: “O momento é de consagração pelo esforço dos atletas, mas não se chega a resultados como esses sem o apoio institucional. Sem isso, as atividades do esporte não andariam tão bem assim na UFRN”.

Histórico

Essa foi a primeira vez que uma equipe da UFRN conquistou esse título. Disputado entre 7 e 11 deste mês em Manaus, o torneio nacional da Liga do Desporto Universitário (LDU) reuniu as melhores equipes das instituições de ensino superior públicas e privadas. No torneio estavam as delegações dos estados do Amazonas, São Paulo, Distrito Federal, Roraima, Ceará e Rio de Janeiro. Ao historiar essa conquista, a professora Suzete Cabral, do Departamento de Educação Física e diretoria de DAD, atribui o resultado ao Projeto Treinamento Desportivo das Seleções Permanentes da UFRN, executado com recursos da instituição.

Sob sua coordenação, o projeto mantém 10 técnicos contratados por meio da Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) para treinar seleções de 14 modalidades esportivas. O professor Luís Carlos é um deles e constata uma melhora significativa no desempenho dos atletas. “Desde 2014 conquistamos espaços nas disputas nacionais”. O treinador aposta na continuidade desse projeto “para fortalecer mais ainda a cultura do esporte universitário na UFRN”.

Depois desse título, a equipe masculina treina até o final de agosto para competir no Campeonato Universitário do Rio Grande do Norte, promovido em Natal. A ida aos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), em novembro deste ano, em Cuiabá, depende desse resultado.

Da Assessoria