Em

Caçador de talentos em Natal

Técnico da seleção brasileira de handebol está à procura de jovens promessas


Jordi está acompanhando os Jogos Escolares da Juventude
Jordi está acompanhando os Jogos Escolares da Juventude

O espanhol Jordi Ribera, treinador da seleção brasileira masculina de handebol, está na capital potiguar para acompanhar os Jogos Escolares da Juventude Natal 2013, etapa 12 a 14 anos. O desejo do treinador é atualizar o cadastro nacional de atletas da modalidade e selecionar jovens  para os acampamentos nacionais de handebol do ano que vem, sob supervisão da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb).

Ribera pretende assistir às partidas de todos os estados durante os Jogos Escolares, uma média de sete por dia, e registrar a atuação dos jogadores. O objetivo dele é analisar o trabalho realizado pelas escolas do Brasil e a evolução do handebol escolar. “Nosso interesse é recrutar jovens de todo o país e levá-los para um treinamento específico, voltado para o padrão da Seleção Brasileira, além de estimular a prática do esporte”, informou.

Desde 2012, três acampamentos de handebol foram realizados com jovens alunos-atletas descobertos nos Jogos Escolares ou indicados pelas federações através de critérios técnicos. Desse processo, foram revelados talentos como o armador-esquerdo da seleção brasileira, Raul Campos, medalha de prata em duas edições dos Jogos Escolares.

Este ano, parte dos atletas que representaram o país no Mundial Júnior, na Bósnia-Herzegovina, e no Mundial Juvenil, na Hungria, também participou de edições anteriores dos Jogos Escolares da Juventude. O Brasil ficou em sexto e nono lugar, respectivamente, nessas competições, os melhores resultados alcançados pelas categorias.