Em

Natal recebe etapa regional Nordeste dos JEJs


Será dada a largada para a primeira das três etapas regionais dos Jogos Escolares da Juventude de 2018, em Natal (RN). Cerca de 1.300 atletas de oito estados nordestinos iniciam nesta quinta-feira, dia 13, as disputas das vagas para a etapa nacional em quatro esportes coletivos: basquete, futsal, handebol e vôlei. As competições acontecem tanto no masculino quanto no feminino, em duas faixas etárias – 12 a 14 anos e 15 a 17 anos. Portanto, serão 16 torneios classificatórios, onde o campeão e o vice garantem a classificação para a fase nacional da maior competição escolar do país, em novembro, também na capital potiguar. Os Jogos Escolares da Juventude são organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

As fases classificatórias de todos os 16 torneios acontecem na quinta e sexta-feira, dias 13 e 14. Sábado, 15, serão disputadas as semifinais e domingo, 16, as finais. Por ser a sede da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, e ter classificação garantida em todos os esportes, o Rio Grande do Norte não disputa a seletiva nordestina.

Jogos serão realizados em vários ginásios da capital potiguar(Foto/Divulgação)
Jogos serão realizados em vários ginásios da capital potiguar(Foto/Divulgação)

Para o coordenador-geral dos Jogos, André Mattos, a competição organizada pelo COB é muito mais do que um evento esportivo. “Além da revelação de talentos para o esporte olímpico brasileiro, o objetivo dos Jogos Escolares da Juventude é contribuir para a inserção social e o fortalecimento da cidadania de todos os jovens participantes, criando oportunidades para os alunos/atletas conhecerem novas cidades e culturas”, afirmou André Mattos.

No total, 13 ginásios da capital potiguar receberão a primeira das três fases regionais da competição. O basquete vai acontecer no ginásio Jorge Tavares, no Colégio Marista 1 e na IFRN Central. O futsal na IFRN Zona Norte, no ginásio DED e na Facex. O handebol no Colégio Marista 2, no Colégio Maristela, na UFRN e na UFRN 2; e o vôlei no Colégio Atheneu, no Palácio dos Esportes e na Uninassau. Vale lembrar que todas as partidas dos Jogos Escolares da Juventude têm entrada franca.

Entre as escolas que disputam os Jogos Escolares – as tabelas podem ser visualizadas no boletim 1 do site oficial dos Jogos (https://www.cob.org.br/pt/jogos-escolares) –, algumas voltam ao evento, como a Escola Estadual Indígena Cacique Alfredo Celestino, da cidade alagoana de Palmeira dos Índios. A equipe feminina de futsal da categoria 12 a 14 anos estreia às 8h15 desta quinta, enfrentando o Colégio Silva Sales, do Ceará, no ginásio DED. Também no futsal, a Escola Estadual Professora Maria Edilce Dias Fernandes, da pequena cidade cearense de Ibicuitinga, localizada na região do Baixo Jaguaribe e com menos de 30 mil habitantes, disputará o torneio feminino na categoria 15 a 17 anos e estreia também nesta quinta, às 9h30, no ginásio da Facex.

Os campeões e vice-campeões de cada torneio carimbam o passaporte para disputar a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, também em Natal, entre 12 e 25 de novembro. Os esportes coletivos da etapa nacional serão disputados por 12 equipes. O representante local – Rio Grande do Norte –, os campeões e vice-campeões de cada etapa regional, além dos três primeiros colocados da primeira divisão do ano passado e os campeões da segunda e terceira divisões.

Além dos esportes coletivos, o evento nacional terá disputas por medalhas em dez outros esportes: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling. A competição reúne o futuro do esporte brasileiro em todas essas modalidades.

As judocas Mayra Aguiar e Sarah Menezes, as atletas da seleção feminina de vôlei, que disputam o Mundial no fim de setembro, Drussyla e Rosamaria; Ana Cláudia Lemos e Darlan Romani, do atletismo, Hugo Calderano, do tênis de mesa, Etiene Medeiros (campeã mundial dos 50m costas) e Leonardo de Deus, da natação, e o armador Raulzinho, que está na NBA, são apenas alguns exemplos de grandes atletas que passaram pelos Jogos Escolares da Juventude.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Fonte: COB