Em

Potiguares conquistam 15 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude


A campanha da delegação do Rio Grande do Norte nos Jogos Escolares da Juventude, etapa nacional de 12 a 14 anos, superou as expectativas. Nesta quinta-feira (29), no último dia das competições em João Pessoa, as equipes potiguares conquistaram cinco medalhas nas modalidades coletivas, encerrando com um total de 15 medalhas, um recorde na história das participações do Estado nos Jogos Escolares.

Meninas do colégio Mater Christi de Mossoró foram medalha de ouro
Meninas do colégio Mater Christi de Mossoró foram medalha de ouro no basquetebol.

De acordo com o chefe da delegação e coordenador dos JUVERNs da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL-RN), a excelente participação deve-se ao crescimento dos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte. “Com muito empenho do Governo do Estado por meio da SEEL, conseguimos neste ano aumentar em 107% o número de alunos-atletas nos JUVERNS o que fez elevar o nível técnico e consequentemente aumentar o número de medalhas na etapa nacional dos Jogos Escolares”, analisou Bezerra.

O último dia de competições dos Jogos Escolares da Juventude, em João Pessoa, contou com a conquista da medalha de ouro do basquetebol feminino pela equipe do colégio Mater Christi, de Mossoró, que venceu Rondônia na final por 35 a 31. No voleibol feminino, as meninas do Complexo Educacional Henrique Castriciano conquistaram a medalha de prata na decisão contra Santa Catarina.

 

O Rio Grande do Norte teve mais uma medalha de prata. Foi com o futsal masculino do colégio Encanto. No feminino, as meninas do Colégio Expansivo ficaram com o bronze, enquanto no basquete masculino, o Salesiano Dom Bosco também foi bronze, totalizando cinco medalhas nas modalidades coletivas. Com as dez medalhas conquistadas nas disputas individuais, que aconteceram no período de 19 a 23 de setembro, a delegação potiguar encerrou a participação com 15 medalhas.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.  O Rio Grande do Norte levou 160 alunos-atletas e 20 técnicos, além dos oficiais Cezar Nunes, Priscilla Gomes, Pablo Costa, Elielson Lázaro, José Fernandes e do fisioterapeuta Jael Cypriano.