Em

RN busca novo recorde de medalhas nos Jogos Escolares


A delegação do Rio Grande do Norte embarcou nesta segunda-feira (11), no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo, para Curitiba-PR, onde disputará os Jogos Escolares da Juventude – etapa 12 a 14 anos. A abertura oficial do evento ocorre nesta terça-feira (12), no ginásio do Circulo Militar, às 19h, e reunirá as delegações dos 27 estados brasileiros.

O grupo potiguar vai em busca de um novo recorde de medalhas na etapa de 12 a 14 anos. O chefe da delegação, professor Fábio Bezerra, da equipe técnica da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL), está confiante na superação da marca de 2016, quando o Rio Grande do Norte conquistou 15 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude realizados em João Pessoa, na Paraíba.

“O Governo do Estado, por meio da SEEL, conseguiu realizar neste ano uma seletiva com um maior número de municípios e escolas participantes nos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte (JUVERNs), aumentando ainda mais o nível técnico de disputa, selecionado os melhores atletas de nosso estado e por isso estamos confiantes na susperação do número de medalhas conquistadas em 2016 em João Pessoa”, disse Bezerra.

A delegação do RN conta com 74 integrantes para as disputas das modalidades individuais (atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta Olímpica, natação, tênis de mesa e xadrez). As competições começam na quarta-feira (13). Os atletas potiguares que vão disputar as modalidades coletivas (basquete, futsal, handebol e vôlei) embarcam para Curitiba no dia 16. No total, o RN está levando para o Sul do país 142 atletas, 20 técnicos e oito dirigentes. EMBARQUE - Copia

Os Jogos Escolares da Juventude, maior evento esportivo estudantil do país, são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e reunirão 4.069 atletas, 525 técnicos e 169 dirigentes distribuídos em 1.396 escolas públicas e privadas. O evento conta com a parceria do Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio, da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado do Paraná.