Em

RN encerra Jogos Escolares da Juventude com 25 medalhas


O Rio Grande do Norte mostrou mais uma vez a sua força nos Jogos Escolares da Juventude. A delegação potiguar encerrou sua participação neste domingo (25) em Natal com 25 medalhas conquistadas (cinco ouros, seis pratas e 14 bronzes).  Destaque para as atletas do judô Thulhianni Oliveira e Carla Melo que encerram o último dia de competições no pódio do Centro de Convenções com dois bronzes.

As 25 medalhas conquistadas pelos atletas potiguares foram todas nas modalidades individuais. Foram oito no judô (dois ouros, uma prata e cinco bronzes), cinco no badminton (um ouro, uma prata e três bronzes), quatro na ginástica rítmica (um ouro, uma prata e dois bronzes), quatro no atletismo (um ouro, duas pratas e um bronze), três na luta olímpica (uma prata e dois bronzes) e uma no vôlei de praia (um bronze). 

Badminton conquistou cinco medalhas para o estado (Foto/Divulgação)
Badminton conquistou cinco medalhas para o estado (Foto/Divulgação)

 

De acordo com o chefe da delegação, professor Fábio Bezerra, da equipe técnica da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL), a superioridade das modalidades individuais tem explicação. “Na edição deste ano o COB mudou o formato das modalidades coletivas, tornando a competição muito mais difícil, pois sem divisões enfrentamos os melhores times do Brasil, com atletas de ponta que atuam em clubes”, explica o professor.

Mas o salto de qualidade nas modalidades individuais merece ser destacado. “Não tivemos mudança nas regras das individuais e o que se pôde verificar foi um crescimento de qualidade, principalmente no badminton e ginástica rítmica, um reflexo do alto nível de competitividade das seletivas organizadas pela SEEL através dos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte, os JUVERNs”, comenta Fábio Bezerra.

A maior competição estudantil já realizada no país chegou ao fim neste domingo, dia 25. Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 2005, os Jogos Escolares da Juventude reuniram este ano, pela primeira vez, as duas faixas etárias (12 a 14 e 15 a 17 anos) em uma etapa nacional que movimentou Natal (RN), levando esporte, educação e cidadania para cerca de cinco mil atletas/alunos de 2.157 escolas públicas e privadas todos os estados do Brasil.

Kayllane, João, William e Edimara brilharam no primeiro dia de competições (Foto/Divulgação)
Judô foi a modalidade mais eficiente dos jogos conquistando oito medalhas (Foto/Divulgação)

 

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte que entrou com um aporte financeiro de R$ 500 mil, como contrapartida para a realização dos jogos. Além disso, contribuiu com instalações esportivas, ambulâncias, segurança, logística e recursos humanos.