Em

Potiguares são vice-campeões do Grand Prix Infraero


A equipe de judô da Associação de Deficientes Visuais do Rio Grande do Norte (ADEVIRN) foi vice-campeã do Grand Prix Infraero de Judô para Cegos, realizado neste final de semana, no ginásio Tesourinha, em Porto Alegre-RS. Os potiguares conquistaram duas medalhas de ouro com Arthur Silva (-90kg) e Abner Oliveira (-81kg) que venceu duelo difícil contra Harlley Arruda, duas pratas com Deywerson Breno e Rosicleide Andrade e um bronze com Alexandre Magno.

Presidente da FJERN, Tibério Maribondo, acompanhou delegação em Porto Alegre (Foto/Divulgação)
Presidente da FJERN, Tibério Maribondo, acompanhou delegação em Porto Alegre (Foto/Divulgação)

O presidente da Federação de Judô do Estado do Rio Grande (FJERN), Tibério Maribondo, acompanhou a delegação no Sul do Brasil e elogiou o rendimento dos atletas potiguares. “O Grand Prix Infraero é uma competição de alto nível técnico e muito equilibrada, e nossos judocas mais uma vez mostraram todo o seu potencial conquistando o vice-campeonato entre participantes de 17 estados, além do Distrito Federal. Com certeza é uma grande conquista e estão todos de parabéns”, disse Tibério.

O Judô Paralímpico brasileiro conta com o patrocínio da Infraero desde 2009, fundamental na execução das fases de treinamento, realização das duas etapas do Grand Prix, intercâmbios dos atletas da seleção, contratação de profissionais para a equipe multidisciplinar, além de atender outros projetos importantes para o crescimento da modalidade no país.

Desde o início da parceria o Brasil conquistou 74 medalhas em competições internacionais, entre as mais importantes estão as dos Jogos Paralímpicos. Foram oito no total, divididas em Londres 2012 e Rio 2016. Além dos resultados expressivos nos tatames, o número de participantes nas etapas Grand Prix Infraero crescem a cada ano.