Em

Potiguar é vice-campeã mundial escolar de luta olímpica


A atleta potiguar Larissa Dantas Pereira conquistou a medalha de prata na luta olímpica do Gymnasiade, maior competição escolar do mundo, entre 58 países, que acontece em Marrakesh, no Marrocos. A vice-campeã mundial disputou a classe até 40kg e pertence a Escola Estadual Mascarenhas Homem, do bairro de Lagoa Seca, em Natal.

Larissa estuda na Escola Estadual Mascarenhas Homem (Foto/Divulgação)
Larissa estuda na Escola Estadual Mascarenhas Homem (Foto/Divulgação)

A prata conquistada por Larissa colaborou para colocar a equipe do Brasil na segunda colocação da luta feminina, atrás apenas da Ucrânia. A seleção verde e amarela da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) conta com a participação de 278 pessoas, entre atletas, técnicos e autoridades do desporto escolar. No total, 17 modalidades serão disputadas até o dia 9.

Oficialmente, o Brasil segue parcialmente em terceiro lugar geral no número de medalhas à frente da China, Rússia, França e Grécia, polos importantes do esporte mundial. Para o presidente em exercício da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Robson Aguiar, os números são importantes, mas o que precisa ser enfatizado é o legado que uma competição deste nível deixa na vida dos atletas.

“Faço coro com os professores e reafirmo a minha alegria com os números conquistados até aqui. Estamos oficialmente entre as três maiores potências escolares esportivas no mundo e isso precisa ser comemorado. Entretanto, no ponto de vista educacional, temos que pensar na importância que uma competição desse porte deixa como legado na vida desses jovens. É com esse pensamento que trabalhamos para que o Brasil se torne cada vez mais um país sem desigualdade e mais esporte”, ressaltou Aguiar.