Em

Caicoense Petrúcio Ferreira é ouro nos 400m


O atleta caicoense Petrúcio Ferreira conquistou o inédito ouro nos 400m da classe T47 (amputados de braço), neste domingo (25), nas provas de atletismo dos Jogos Parapan-Americanos de Lima. A primeira medalha de ouro de Petrúcio em Lima vem de uma prova na qual não é especialista. Ele é campeão mundial e paralímpico nos 100m e 200m da classe T37, mas optou se dedicar aos 400m neste ano. Na semifinal, em Lima, o potiguar de Caicó, mas criado em São José do Brejo da Cruz-PB, cumpriu a distância em 49s70.

Petrúcio ainda vai lutar por mais medalhas para o Brasil (Foto/CPB)
Petrúcio ainda vai lutar por mais medalhas para o Brasil (Foto/CPB)

Na grande final,  ele cruzou a linha de chegada em primeiro com sobras em 49s25 – mais de um segundo à frente do medalhista de prata, o venezuelano Samuel Colmenares (50s32), seu compatriota Renny Segueri herdou o terceiro lugar do brasileiro Thomaz Moraes, que foi desclassificado que terminou em terceiro, porém invadiu a raia vizinha.

“Não foi fácil, para chegar às provas de 400 metros foi uma trajetória dura, mas eu sabia que, pelo tanto que treinei, enfrentaria aqui somente a parte fácil, porque o mais difícil eu deixei lá atrás, nos treinamentos. Corri a semifinal sobrando. Mas na final eu vi meu rival crescendo nos últimos 150 metros, eu olhei para a reta final e pensei: ‘Essa medalha é minha, é nossa, é do Brasil’, e foi o que aconteceu”, comentou.