Em

Equipe de natação da Sadef conquista 12 medalhas no Brasileiro


Atletas da Sadef competiram com os melhores do Brasil (Foto/Divulgação)
Atletas da Sadef competiram com os melhores do Brasil (Foto/Divulgação)

Mais uma participação pra encher os técnicos de orgulho. “Eu falo pra eles que a gente sempre pode melhorar, mas de uma maneira geral, foi uma participação muito proveitosa, com quase todos os nossos atletas melhorando ou mantendo as marcas pessoas, subindo ao pódio, e até quebrando recorde da competição”, avalia Marília de Azevedo, responsável técnica pela equipe da Sadef (Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN) que disputou o Brasileiro de Natação, em São Paulo.
Sete atletas subiram ao pódio 12 vezes durante a competição, que reuniu os 317 melhores nadadores do Brasil, classificados para a disputa pelo ranking nacional. Dos 14 recordes batidos na piscina do CT Paralímpico, um foi de um potiguar: Francisco José, nos 100m peito. Ele subiu ao pódio com o xará e também atleta da Sadef: Francisco Avelino, que apesar de ter quase o dobro da idade do colega, 53 anos, mostra que está cada vez mais competitivo. Os dois, José e Avelino, lideram o ranking brasileiro nessa prova.
Outro destaque do Brasileiro foi o revezamento misto 4x50m livre, que a Sadef disputou pela primeira vez, e faturou o ouro, com os atletas Emanuel, Avelino, Késia e Rildene. “Avelino e Rildene sempre formaram revezamento na seleção brasileira, mas a Sadef nunca tinha conseguido reunir 4 atletas para disputarem a prova. Pra completar, veio o ouro, por isso tanta euforia com essa conquista”, diz Pedro Lucas, técnico da Sadef.
A temporada 2019 ainda não terminou para os nadadores. “Os atletas não param. No próximo mês, uma parte vai para uma competição em Fortaleza e outro grupo menor, dos mais jovens, disputam as Paralimpíadas Escolares. Não tenho dúvida de que 2019 ainda trará mais pódios para a Sadef”, diz Tercio Tinoco, presidente da associação.

Medalhistas da Sadef no Brasileiro

Rildene Fonseca (2 ouros e 1 prata)
Francisco Avelino (1 ouro e 2 pratas)
Emanuel Marques (1 ouro e 1 bronze)
Nélio Almeida (1 ouro e 1 bronze)
Francisco José (1 ouro)
Késia Gabriela (1 ouro)
Igor Matheus (1 prata)