Em

Joana quer manter boa sequência de resultados nos Jogos Paralímpicos do Rio


Os treinamentos da potiguar Joana Neves são intensos e focam piamente alcançar bons resultados nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, disputado em setembro. Além do esforço nos treinamentos em Natal, competições como o Aberto de Berlim, o qual rendeu três medalhas de ouro para Joana, preenchem o calendário da atleta e são importantes na preparação para o principal objetivo da temporada.

Antes dos Jogos Paralímpicos, Joana ainda disputará o Circuito Brasil Caixa Loterias, no Rio
Antes dos Jogos Paralímpicos, Joana ainda disputará o Circuito Brasil Caixa Loterias, no final de junho

“A gente fica ansioso, é claro. É a chance de elevar o nome do meu Estado mundo afora com o meu trabalho. Acredito demais que posso ensinar, com minhas conquistas, a muita gente que desistir não é a melhor saída. Trabalho todos os dias pensando nisso, em trazer alegria e orgulho para quem me acompanha. É a prova que estamos no caminho certo para elevar o nome do Rio Grande do Norte e do meu país mundo afora”, disse Joana.

Antes dos Jogos Paralímpicos, Joana ainda disputará o Circuito Brasil Caixa Loterias, competição nacional de clubes que está marcada para o final de junho e fase final na metade de julho, sempre visando um bom desempenho nas piscinas do Rio de Janeiro.

“Todas as competições são importantes, mas não é segredo para ninguém que o principal objetivo da temporada são as Paraolimpíadas. Não posso pular nenhuma etapa e sei que cada dia dos meus treinamentos, cada competição que estou nas piscinas é fundamental para que alcance o que sonho. O objetivo está traçado e é atrás dele que vou.”, falou, focada, a potiguar.

PERFIL

Joana Maria Jaciara da Silva Neves nasceu em 14 de Fevereiro de 1987, em Natal/RN, e com apenas 1 ano e 6 meses de vida teve acondroplasia, uma anormalidade na ossificação das cartilagens que causa nanismo. Joana começou a praticar natação aos 12 anos por recomendação médica e, aos 13, a competir, participando da primeira competição internacional em Mar del Plata, Argentina. Em Londres-2012, defendeu o Brasil pela primeira vez em uma edição dos Jogos Paralímpicos.