Em

Thalita é a melhor do mundo na prova dos 400m


A atleta potiguar Thalita Simplício sagrou-se campeã do mundo de atletismo paraolímpico na prova dos 400m – classe T11 – neste domingo (10) em Dubai. Guiada por Felipe Veloso, ela desbancou a favorita chinesa Cuiqing Liu para triunfar na classe T11.

“A prova foi maravilhosa. Ainda não acredito que a gente foi campeão mundial. Estou muito feliz, porque a gente trabalhou o ano todo para isso. A chinesa cresceu desde 2015, então viemos com o objetivo de passar ela’, disse Thalita.

Thalita venceu a chinesa Cuiqing Liu, líder do ranking mundial e recordista do mundo (Foto/Daniel Zappe/CPB/Exemplus)
Thalita venceu a chinesa Cuiqing Liu, líder do ranking mundial e recordista do mundo (Foto/Daniel Zappe/CPB/Exemplus)

Thalita nasceu com glaucoma. Aos 12 anos, tornou-se totalmente cega. Ela sempre praticou esportes: natação, karatê e goalball, e começou no atletismo aos 15 em um projeto do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Thalita chegou à prova com o status de mais rápida das eliminatórias. Mas a chinesa Cuiqing Liu era a líder do ranking mundial, recordista do mundo. E a oriental partiu na frente. Por mais de três quartos da prova ela liderou e parecia confirmar o favoritismo histórico.

Porém, Thalita arrancou nos últimos 50 metros e, junto a seu guia Felipe Veloso, deixaram Liu para trás. A dupla brasileira foi campeã com 56s86, enquanto os chineses chegaram em 58s19. O bronze foi para a tailandesa Suneeporn Tanomwong (1min00s69). A paraense Jhulia Karol, guiada por Laércio Martins, concluiu em quarto, apenas três centésimos depois.